segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Queria que vocês pudessem ver meu coração

E ver como o trago lanhado, pisado, cheio de cortes e hematomas. Queria que vocês pudessem ver meu coração e ver todas as marcas de sangue, as queimaduras com ponta de cigarro, as feridas purulentas e as algemas sem chave que trago comigo.
Porque com o coração alheio ninguém se importa, o coração alheio é lata de lixo, o coração alheio é cachorro sem dono. O coração alheio se pode retalhar para salvaguadar o próprio coração. O coração alheio não se ouve, não se acalenta, não se salva. O coração alheio está no peito do outro e cada um com seus problemas.

2 comentários:

Lorena disse...

Eu vejo um coração - machucado, sim, mas ainda cheio de vida!

Poisongirl disse...

Pimenta nos olhos dos outros é refresco, já dizia minha vó!Mesmo tão ferido sei q seu coração ainda produzirá bons frutos.