sábado, novembro 28, 2009

Do ano que se passou

Pois é, galera. 2009 está batendo as botas. Pros japoneses, o ano já acabou, novembro é pra avaliar o ano que passou e dezembro já pra planejar o ano que vem.  Como coloquei minhas resoluções de final de ano aqui, vou abrir a avaliação delas para vocês.
Em abril, fui atingida por um míssel nuclear emocional e isso trancou a realização de muitos planos,até porque fiquei um mês e meio de molho, numa depressão foda. Nem tudo é ruim: serviu pra garimpar os colegas dos amigos de verdade e quantificar a importância das relações românticas na minha vida. E chegar à conclusão que nunca, em tempo algum, posso deixar as coisas chegarem a esse ponto de novo.
O centro da minha vida é Aquele que me criou (desculpem amigos incrédulos e ateus, eu sou religiosa, mesmo não impondo isso aos outros), depois Dele, eu mesma. Porque se eu não estou bem, não consigo fazer nada por ninguém. E ninguém mais. por mais importância que tenha na minha vida, merece ser orbitado por mim. Ponto final.

Segue o balanço (estou muito para listinhas, perceberam?)

1. Ir a todas as cerimônias deste ano. (Resolução de cunho religioso que fica muito longo de explicar.)

Não consegui. O emocional me deixa prostrada e mexe direto com o espiritual - daí que. Pelo menos cheguei ao final do ano muito mais forte do que comecei.


2. Apresentar ao menos duas pessoas. (Idem)

Então, mesma coisa.


3. Voltar a ser jornalista.

Estava me empenhando, mas aí descobri duas coisas importantes:

(1) Meu curriculo envelhecido 12 anos não é muito atraente para o mercado.
(2) Jornalismo é uma função fácil para mim. Mas o que eu AMO, mesmo, nessa vida, é literatura. Só a arte me toca, só a arte me dá significado. Eu tinha me afastado da literatura por ter criado nojo da corrupção que grassa no meio acadêmico. Mas já estou forte o suficiente para procurar alternativas e me dispor a driblar tudo isso. Tipo: Literatura, vol - tei!


4. MORAR MELHOR

Sem emprego? Nem. Mas consegui umas melhoradinhas onde já moro. Mas sim, tinha que ser melhor.


5. Perder 15 kg.

Perdi 8kg desde março. Ah, podia ser pior, né? Vamos ver se perco os outro sete ano que vem. Acho que quando estabeleci essa meta esqueci que estou chegando perto dos quarenta...


6. Cuidar do diabetes.

Acreditam que ainda não consegui me acertar com nenhum médico? Estou cuidando da alimentação (principalmente depois de outubro, quando as minhas taxas foram a 300 e tantos) e tomando minhas pílulas, mas sem controle constante. Se tudo der certo, devo estar com plano até o final desse ano. E no ano que vem, pretendo comprar uma aparelhinho de controle de glicemia.


7. Dançar pelo menos 15 minutos, três vezes por semana, fora as aulas.

Lógico que não consegui. A falta de espaço, piso e espelho no meu apartamento ajudam, mas sou desorganizada mesmo. Em compensação, nunca estudei tanto dança como esse ano e parece que estou conseguindo alguns resultados positivos agora, no final dele.


8. Preparar uma apresentação decente para meu aniver, em junho.

Preparar, até preparei. Mas a decência passou longe. Não foi com música ao vivo, porque a grana não chegou. O resto do fiasco se fez quando meu emocional despencou. Pra não dizer que não foi nada, foi uma bela lição de como não me apresentar.


9. Estudar derbake 15 minutos por dia.

Mesma coisa que com a dança. Mas, ainda assim, estudei bem mais que no ano passado. E comecei a ter aulas de daff, o que só me enche de alegria.


10. Entrar no Coral da PUC.

Engavetei TOTAL Até porque meu professor de canto começou a ficar ocupado DEMAIS (é o problema de ter aula com os melhores) e teve que abandonar o projeto voluntário do qual eu participava.. Mas um dia eu ainda volto a cantar. O que me consola é que, das atividades que eu faço, é a que menos sente os efeitos da idade. Talvez eu deixe de ser soprano, mas não tenho nada contra contraltos.


E os seus planos? Me conta o que aconteceu com eles! Deixa nos comentários ou conta no seu blog e me deixa o link! Beijos a todos.

6 comentários:

andancasdelory disse...

Como eu não listei meus planos e tenho sérios problemas de memória, a única coisa q consigo me lembrar era de que precisava juntar dim-dim pra pagar o apartamento novo. Conseguimos quitar a primeira parte do financiamento (da construtora). Mas essa é uma resolução pro resto dos anos... comprar um ap é uma ousadia para dois pé-rapados como eu e Léo. Mas tem sido um desafio bom!
Com a dança, não planejei, mas troquei de "fessora" e isso foi muito good!

Ana Karenina disse...

olá Samara

olha como cheguei aqui: conversando com um amigo no MSN, ele me passou um texto do Rodrigo Gurgel, lá no blog dele vi o link do seu blog e aqui estou eu admirada por perceber: oh que mundo pequeno, hoje estou vivendo emoçoes semelhantes com a que você citou neste post, época de balanço, até escrevi sobre isso.

Quanto aos seus planos moça, eles serão bons se fizerem você feliz e não é concluir que traz o resultado positivo e sim a felicidade que nos traz chegar até eles.

Bom, já adicionei você nos favoritos do explorer, pode parecer abuso, mas ler os outros me faz aprender muita coisa, entre os meus planos pro ano que vem: LER MAIS BLOGS COMO O SEU.

risos. um abraço

Liciane disse...

Amiga, por que vc tem aparelhinho de controle de glicemia? Meu pai tem diabetes, mede todos os dias, mas usa os remédios do jeito que ele quer. Não faz como os médicos dizem, e nem vai ao médico.
As vezes ele passa mal no meio da noite e tem que comer doce. que horror. Ele brinca com a vida.

Vc falou sobre o remédio que comecei tomar, bem que vc disse, hoje é o primeiro dia e estou sentindo coisas muito desagradáveis, enjôo direto. Tomara que passe logo e esse dê certo.

Vc mora em Poa né. Olha onde vou fazer o tratamento: http://www.vivant.com.br/
com a Dra. Carolina.

Amiga, se quiser torcar umas idéias, anota meu e-mail: licibri@yahoo.com.br

Beijos, tenha um ótimo fim de semana!

p.s: depois do remédio quero ver quais serão meus planos, por enquanto não estou motivada. Obrigada pelo apoio.

MD disse...

olá Samara, boa tarde, conheci seu blog procurando por informações no google sobre "como me livrar do líto?"... achei interessante o seu post sobre isto... inclusive vou sugerir ao meu psiquiatra o nome do remédio... realmente ele me segura (ou o leão que há em mim), mas realmente me causa transtornos, como falta de ânimo, excesso de sono e por aí vai... se quiser conversar sobre o tema, gostaria de trocar informações... meu msn: fernandahanna@hotmail.com

forte abraço e lucidez na caminhada.

Elisabeth Klimeika do Nascimento e Moreira da Silva de Burrice disse...

Oi Amore!
Não pense que esqueci de você, cortaram a internet no trampo graças a megera que vc conhece e nunca lembro de ligar o msn (na verdade cansei dele e não tô numas de bate papo).
Enfim, tô por aqui, e por ali e também acolá, mas moderadamente.
Já comentei que não sou de listas mas prometo que farei sim uma lista dos meus objetivos para 2010 ok?
Pode cobrar.
Bjus

Isabela Colucci disse...

E você diz que não é organizada. Eu seria incapaz de fazer uma "listinha" e me lembrar dela no final da semana!rs

Mas tá lançado o desafio. Vou tentar fazer a lista dos 10 mais e ver até quando ela sobrevive (minha aposta é de que não dura um mês...rs).